segunda-feira, 11 de setembro de 2017

“La Jeunesse de Blueberry” nº 19 “Rédemption”

Capa. N. C.: Blueberry e a sobrinha do general Sheridan
perseguidos pelo pregador Jim Thompson


Prancha 1. 


Prancha 2. 


Prancha 3.


Prancha 4.


Prancha 5. 


Prancha 34.


Contracapa.

Ficha técnica

“Rédemption”
“Redenção” (1)
Roteiro: François Corteggiani
Desenhos e capa: Michel Blanc-Dumont
Cores: Claudine Blanc-Dumont
Volume: 19
Ano de publicação: 2010
Número de pranchas: 46
Gênero: Western
Preço: 11,99 €
Formato: 22,5x29,5 cm
Público: Todos os públicos – Família
Dargaud Éditeur, Paris, França

Edição: Anotado “Primeira edição”.

Fonte: Dargaud Éditeur e Bedetheque.

N. C.: 1) O título se refere à Institution Baptiste de la Rédemption (Institutição Batista da Redenção), em Ogamaw, Ouachita County, Arkansas, de cujo fora raptada a sobrinha do general Sheridan; e também pode se referir ao êxito de Blueberry em libertar a moça.


N. C.: As dedicatórias da página 2:

Para meus amigos Roger “Kline” e Micheline,
em lembrança de nosso último acampamento com Loup noir e Shorty.

François Corteggiani


Agradecimento a Nicolas Kerembellec por haver enfrentado, por nós, o monstro Photoshop ® !

Claudine e Michel Blanc-Dumont

N. C.: Nicolas Kerembellec, grafista da editora Dargaud, em Paris, França.


A fim de encontrar a sobrinha do general Sheridan, única sobrevivente do massacre de um convento, Blueberry deverá enfrentar o terrível Jim Thompson, um pregador iluminado, que reina absoluto em um vilarejo de rednecks (1) patibulares. Um western denso e nervoso assinado por François Corteggiani e Michel Blanc-Dumont no qual se encontra com um imenso prazer o tenente mais célebre da história em quadrinhos.

Fonte: Dargaud Éditeur.

N. C.: 1) Redneck é o termo utilizado nos Estados Unidos da América para nomear o estereótipo de um homem branco que mora no interior daquele país e tem uma baixa renda. Sua origem deve-se ao fato de que pelo trabalho constante dos trabalhadores rurais em exposição ao sol acabam ficando com seus pescoços avermelhados (do inglês red neck, "pescoço vermelho"). É usualmente utilizado nos dias atuais para rotular de maneira pejorativa os brancos sulistas conservadores. O termo também é usado amplamente para depreciar a classe trabalhadora e os brancos rurais que são percebidos pelos progressistas urbanos como não liberais o bastante (nos EUA, liberal quer dizer esquerdista ou progressista). Ao mesmo tempo, alguns sulistas brancos recuperaram a palavra, se autoidentificando por meio dela e usando-a com orgulho. Costuma ser traduzido para o português no Brasil pelo termo "caipira" e em Portugal por "saloio". Em filmes norte-americanos dublados no Brasil, redneck é traduzido como matuto ou jeca – exemplo: “Mississippi em Chamas” (“Mississippi Burning” em inglês), de fato, norte-americanos fluentes em português, que conhecem as culturas portuguesa e brasileira, consideram a palavra inglesa redneck "sinônimo" de matuto ou caipira. Fonte: Wikipédia.





Em 2010, quando da publicação do segundo álbum desse díptico, a editora Dargaud publicou o estojo La Jeunesse de Blueberry tomes 18 et 19 – Aventure complete (“Aventura Completa”) contendo os volumes 18 e 19 e um presente (a edição Nº 404, de 21 de setembro de 1864, do jornal “Harper’s Weekly, a journal of civilization”, publicado em Nova York, de 4 páginas em preto e branco, sobre as grandes aventuras de Mike Steve Blueberry, cuja capa reproduz o desenho daquela do volume 19, “Rédemption”, duas páginas com extratos das duas histórias – Instituição Batista da Redenção, em Ogamaw, Ouachita County, Arkansas; pregador Jim Thompson; Blueberry tendo problemas com o pregador louco; Walter Baumhoffer, agente da Pinkerton; o ataque com canhões a civis em Shenandoah Valley, Virginia; Tenente Blueberry e Virginia Kidman se beijando; Blueberry na estrada para Corben – e a contracapa com um desenho e a biografia de Mike Steve Blueberry. A Dargaud imprimiu o jornal no formato de 28,0x40,5 cm e em papel amarelado para representar o seu envelhecimento).

A capa do estojo é composta por uma montagem com extratos da capa de “1276 âmes” (Tenente Blueberry) e do quadrinho 6 da prancha 29 de “Rédemption” (a casa onde estivera presa a sobrinha do general Philip Sheridan). A contracapa apresenta uma montagem do quadrinho 3 da prancha 2 com o quadrinho 5 da prancha 44 de “1276 âmes”, os títulos e as capas dos dois volumes e o seguinte texto:

O Tenente Blueberry deve fazer frente a um pregador particularmente perturbado. O falso homem de igreja tem massacrado um convento inteiro para capturar a sobrinha de um general nortista a fim de fazer pressão sobre ele. Blueberry deverá seguir sua pista sangrenta para impedi-lo de causar danos.

A ilustração da página de guarda dos álbuns da série “La Jeunesse de Blueberry, de François Corteggiani e Michel Blanc-Dumont, compõe os versos da capa, da contracapa e das orelhas; nessas últimas estão Blueberry (extrato do quadrinho 2 da prancha 19 de “1276 âmes”) e Jim Thompson (extrato do quadrinho 8 da prancha 13 de “1276 âmes”).


A bela ruiva Virginia Kidman é assassinada por Jim Thompson. Ela se junta à lista de mulheres, na série “La Jeunesse de Blueberry”, que tiveram um relacionamento amoroso com Blueberry e morreram de forma trágica: Harriett Tucker, Nugget Harrington e Éléonore Mitchell.

A lista de mulheres na vida de Blueberry é extensa:
- “Blueberry”: pretendentes: Muriel Dickson, Katie Marsh, Chini e Caroline Younger, essa última também morta de forma trágica; namoradas: Lily Calloway, aliás, Chihuahua Pearl, e Dorée Malone.
- “Marshal Blueberry”: namorada: Tess Bonaventura.
- “La Jeunesse de Blueberry”: namorada: Harriett Tucker; pretendente: Elizabeth; casos (love affairs): Nugget Harrington, Éléonore Mitchell, Soledad San Miguel e Virginia Kidman.

Talvez esteja faltando alguma mulher nessa lista...


A série “Blueberry” foi criada por Jean-Michel Charlier e Jean Giraud.

Fonte das imagens: BDfugue: capa, pranchas 1, 2, 3, 4, 5 e contracapa. Bedetheque: prancha 34. Afrânio Braga: estojo La Jeunesse de Blueberry tomes 18 et 19 – Aventure complète.

La Jeunesse de Blueberry nº 19 Rédemption © François Corteggiani, Michel Blanc-Dumont, Dargaud Éditeur 2010
La Jeunesse de Blueberry tomes 18 et 19 – Aventure complete © François Corteggiani, Michel Blanc-Dumont, Dargaud Éditeur 2010


Afrânio Braga